Mestres de artes marciais se unem e criam o ATK

Mestres de artes marciais se unem e criam o ATK

Mestres de artes marciais que atuam na Região Metropolitana de Sorocaba, São Paulo, se reuniram, recentemente, e decidiram criar uma metodologia de ensino especializada na defesa pessoal e na qualidade de vida. A ela deram o nome de ATK.

O encontro reuniu Alessandro Israel (especialista em krav maga caveira e hapkido), Marcelo Ayres (taekwondo e hapkido) e Marcelo Millani (aikido). “Muitos professores canalizam suas energias em concorrer e apontar o dedo para o trabalho alheio, deixando de lado o foco principal, a verdadeira formação do aluno, sua própria especialização e ser exemplo de conduta e de qualidade de vida por meio da arte marcial”, comenta Marcelo Ayres. “Assim, decidimos unir esforços e criar o ATK.”

Os idealizadores da nova metodologia deixam claro que não estão lançando outra arte marcial. O objetivo, segundo eles, é oferecer um ensino personalizado com técnicas de aikido, taekwondo, krav maga e hapkido, sempre respeitando a filosofia de cada arte marcial.

Existe apenas um pré-requisito para ser aluno do ATK: o querer. No ATK se treina para qualidade de vida e defesa pessoal. Não existe competição. O interessado tem a oportunidade de mudar de vida, por meio da arte marcial, independente de gênero, orientação sexual, peso, idade, etc”, detalha Marcelo Ayres.

Ainda conforme ele, a união de diferentes artistas marciais é o primeiro exemplo de que a finalidade do ATK não é alimentar o ego, mas praticar o bem comum e, assim, viver com mais segurança e qualidade de vida.

Para saber mais sobre a recém-criada metodologia, basta entrar em contato por meio do telefone/whatsapp (15) 98130-2637.

Siga o MMA+ no Instagram – @mmamais
Siga o MMA+ no Facebook – facebook.com/mmamais
Foto: Divulgação
(Notícia lida 1 vezes, 1 só hoje.)