Higen Team tem três representantes no Jungle Fight 101

Higen Team tem três representantes no Jungle Fight 101

Uma das mais conceituadas equipes de mistura de artes marciais de Sorocaba, interior de São Paulo, com filiais inclusive em alguns países da América do Sul, a Higen Team colocou três atletas para a disputa do Jungle Fight 101, maior evento de MMA da América Latina, que será realizado em Contagem, Minas Gerais, no dia 31 deste mês.

No cage estarão Walter Chincho, Larissa Miranda e Luiz Gordo Loko. “Os três são oriundos do jiu-jítsu, onde conquistaram diversos títulos, mas também possuem bom desempenho em outras modalidades como boxe e kickboxing”, explica o líder da equipe, Renato Higen.

Natural de Votorantim, Região Metropolitana de Sorocaba, Walter Chincho já é conhecido no MMA. Está invicto com oito vitórias nas oito lutas que disputou. Detentor dos cinturões 93 quilos e acima de 93 quilos do HFC (Higen Fight Championship), ele vê no Jungle a chance de se consolidar ainda mais na modalidade e conquistar, inclusive, títulos internacionais.

Luiz Gordo Loko é de Itu, interior de São Paulo, tem três lutas e três vitórias e estreia no Jungle Fight. “Ele é um atleta muito esforçado. Sou amigo pessoal do seu treinador de jiu-jítsu, que é o Ricardo Drysdale. Esta parceria que temos tem gerado bons frutos”, afirma Renato Higen.

Já Larissa Miranda, que também é de Itu, faz a primeira luta no MMA e, logo de cara, no mais importante evento da América Latina. Multicampeã no jiu-jítsu, ela pretende marcar seu nome agora na mistura de artes marciais.

Recebemos a confirmação das lutas há pouco mais de 20 dias, bem em cima da hora, mas nossos atletas já estavam trabalhando à espera de oportunidades. Estamos felizes por revelar talentos para o esporte e colocar esses jovens em destaque no cenário nacional”, conclui o líder da Higen Team.

CINTURÃO EM JOGO

A disputa pelo cinturão até 61 quilos entre o sergipano Willian Colorado e o mineiro Adriano Nunes será o ponto alto da edição 101 do Jungle Fight. No entanto, a primeira edição da temporada 2020 também contará com outras superlotas.

JUNGLE FIGHT 101

Dia 31 de janeiro de 2020

Ginásio Campestre Yucca Clube, em Contagem, Minas Gerais

Card

Cinturão até 61 quilos – Willian Colorado (Team Alpha) x Adriano Nunes (CT Luiz Team/ Babuíno Gold Fight)

66 quilos – Deberson “The Prince” Batista (Team Maori) x Elysson Machado (VF/Reis)

Peso-pesado – Ricardo Pinho (Black Belt) x Walter Chincho (Higen Team)

61 quilos – Fernando Lourenço de Almeida (VF/Reis Team) x Marcelo Guará (Team Guará/Team Alpha)

77 quilos – Rafael “Cabeça” Souza (BH Rhinos) x Herculano Cula (Team Rocha)

57 quilos – Eduardo “Chapolin” Henrique (Maquininha do Futuro) x Robert Corrêa (Company Gym MMA)

66 quilos – Marcos de Almeida “Tchaco Sanatório” (Tchaco Fight Team/Pantera Negra) x Charlúcio da Silva Brasil (Sparta Neném Team)

77 quilos – Moacir Cordeiro Rocha (Babuino Gold Team) x Luiz Gordo Loko (Higen Team)

66 quilos – João Oliveira (Team Borracha) x Yuri Leite de Freitas (VF e Reis)

84 quilos – Heider Caetano Martimiano (Rayder/VF e Reis) x João Marcos (Gladiadores Fight Team)

57 quilos – Nayara Maia (BH Rhinos) x Larissa Fernanda Gonçalves (Higen Team/ Ricardinho JJ)

66 quilos – Wanderson Michel (BH Rhinos) x Wallace Itália (Altamiro Fight)

77 quilos – Kaique King (DFC/ Team Alpha) x Max Felipe Oliveira Gandra (Gandra/ BH Rhinos)

66 quilos – Rafael Biata (FT-BH) x Daniel Henrique Costa Santos (GFT/SombraTeam)

5e2884fb9b7aa

Fotos: Divulgação
(Notícia lida 1 vezes, 1 só hoje.)