Geraldo de Freitas mantém cinturão do Shooto Brasil

Geraldo de Freitas mantém cinturão do Shooto Brasil

Na véspera de mais uma edição do UFC no Rio de Janeiro, o Shooto Brasil tratou de providenciar um aquecimento em grande estilo. Na Upper Arena, tradicional berço do evento, a edição 83 coroou o mineiro Geraldo de Freitas (foto), que manteve o cinturão peso-galo (até 61 quilos) ao bater Rafael Apocalipse com uma finalização ainda no round inicial.

O evento contou com outras nove lutas, com destaque para a vitória do campeão mundial do Shooto e ex-UFC Hernani Perpétuo. Ele derrotou Raimundo Reginaldo por nocaute também no primeiro assalto. A próxima edição do Shooto será em 26 de maio, novamente no Rio de Janeiro.

A luta principal do Shooto Brasil 83 colocou frente a frente o mineiro Geraldo de Freitas defendendo seu cinturão pela primeira vez diante de Rafael Apocalipse, muito empurrado pela torcida. E o pupilo do ex-lutador Miltinho Vieira mostrou porque é o campeão peso-galo do Shooto Brasil. Com uma atuação impecável, derrubou Rafael e trabalhou o jogo de chão até encaixar um mata-leão fatal que botou fim ao duelo antes do término do primeiro round.

SHOOTO BRASIL 83

Resultados oficiais

Geraldo de Freitas finalizou Rafael Apocalipse com um mata-leão aos 2min e 36seg do primeiro round;

Hernani Perpétuo venceu Raimundo Reginaldo por nocaute técnico aos 4min e 35seg do primeiro round;

Werlleson Galinho venceu Aleandro Caetano por decisão unânime;

Felipe Jesus venceu Andrey Augusto por decisão dividida;

Jafel Filho finalizou Weder Aparecido com um mata-leão aos 4min e 15seg do primeiro round;

Daniel Lacerda venceu Yarlei Jr. por nocaute aos 29seg do primeiro round;

Cauata Samuel finalizou Marcos Silva com uma chave de braço aos 2min e 41seg do primeiro round;

Diego Domingos venceu Maikon Ferreira por nocaute aos 3min e 38seg do terceiro round;

Milson Castro venceu Junior Luiz por decisão unânime;

A luta entre Rafael Kamikaze e Daniel Hortegas foi declarada empate dividido.

Foto: Natalino Werneck/Werneck Produções
(Notícia lida 27 vezes, 1 só hoje.)