Fábio Maldonado é nocauteado por Michael Hunter

Fábio Maldonado é nocauteado por Michael Hunter

O boxeador peso-pesado sorocabano Fábio Maldonado ainda está triste com a derrota por nocaute para o norte-americano Michael Hunter. Mesmo assim, avisou que não pretende deixar a nobre arte. Prova disso é que já está estudando propostas para retornar aos ringues, provavelmente em julho.

No compromisso mais recente no pugilismo profissional, em 26 de maio, em Maryland, Estados Unidos, o juiz interrompeu a luta no segundo round. Maldonado reconheceu a superioridade do adversário: “Ele [Michael Hunter] era o favorito para o combate”. No entanto, acredita que poderia ter melhor sorte caso se fechasse mais.

O sorocabano aceitou a luta praticamente em cima da hora – faltavam 15 dias para o evento. Ele não se arrepende disso, apenas da estratégia adotada diante de um oponente técnico e muito rápido. “Eu falhei demais e ele soube me atrair para o jogo dele”, acrescenta.

Foi o terceiro revés seguido de Fábio Maldonado no boxe profissional. Os anteriores – ambos por pontos – foram para o colombiano Óscar Rivas (1º de dezembro do ano passado, em Quebec, Canadá) e para o ucraniano Oleksandr Teslenko (29 de março, em Ontaro, Canadá). Agora ele acumula 26 vitórias, sendo 25 por nocaute, e apenas três derrotas.

Aos 39 anos de idade, o que conforta o sorocabano é que ele tem encarado os melhores atletas da categoria peso-pesado do mundo. Prova disso é que Michael Hunter está cotado para enfrentar o ex-campeão mundial Anthony Joshua. Sobre os próximos passos no esporte, não revela se serão novamente no boxe ou na mistura de artes marciais. “Ainda estamos estudando as propostas”, conclui.

Michael-Hunter-calls-out-Anthony-Joshua-after-destroying-Fabio-Maldonado-in-two-rounds1

Fotos: Sky Sports

 

(Notícia lida 1 vezes, 1 só hoje.)